Polícia francesa vai acionar alerta máximo para passagem da tocha

 A polícia francesa estará em alerta máximo para eventuais ameaças à rota do revezamento da tocha da Olimpíada de 2024, disse o ministro do Interior da França nesta segunda-feira, e os portadores serão protegidos por cerca de 100 policiais em uma bolha de segurança com medidas antidrone em ação. 

A tocha olímpica deve chegar a Marselha em 8 de maio, vinda da Grécia. A expectativa é que até 150 mil pessoas compareçam à cerimônia no Porto Velho da cidade no sul do país, antes do início da perna francesa do revezamento.

O Ministro do Interior francês, Darmanin, em entrevista coletiva sobre segurança para Olimpíada de Paris 2024
22/01/2024
REUTERS/Sarah Meyssonnier

“Fizemos uma checagem em todos os 11 mil portadores [da tocha] e nos mil substitutos e isso levou à exclusão de 13 pessoas do revezamento”, revelou Gerald Darmanin, ministro do Interior da França, durante entrevista sobre segurança em Paris 2024 – Reuters/Sarah Meyssonnier/Direitos Reservados

O ministro do Interior, Gerald Darmanin, disse em entrevista coletiva que as ameaças de “terrorismo e protestos” durante o revezamento são significativas, citando “ativistas ambientais de extrema-esquerda” ou “islâmicos radicais” como potenciais fontes dessas ameaças.

“O revezamento da tocha atrai muita atenção da imprensa e o ministério está dando atenção especial porque ele pode ser alvo de atos maliciosos”, afirmou. “Fizemos uma checagem em todos os 11 mil portadores [da tocha] e nos mil substitutos e isso levou à exclusão de 13 pessoas do revezamento.” 

A tocha será acesa em 16 de abril em uma cerimônia em Olympia, na Grécia, berço dos Jogos. 

* É proibida a reprodução deste conteúdo.

, Julien Pretot*

Fonte: Agencia Brasil