Jogos Mundiais Universitários – Dia 14: Brasil é prata no basquete

Último dia de cobertura de esportes em Chengdu (China). Na próxima segunda-feira (7), no início da noite, sairemos da Vila dos Atletas em direção ao Aeroporto Internacional Tianfu. Já na madrugada de terça-feira (8) terá início o nosso retorno ao Brasil: parada na Etiópia, São Paulo e, finalmente, Rio de Janeiro.

A programação era tentar acompanhar duas disputas de medalhas. À tarde o vôlei feminino em busca do bronze. À noite a expectativa do primeiro ouro no basquete masculino. Vamos começar pelo basquete.

O belíssimo ginásio Fenghuangshan Sports Park estava lotado para ver Brasil e República Tcheca. Para quem gosta de emoção, o confronto foi um prato cheio. Desde a primeira bola levantada até o último segundo de jogo, não havia qualquer pessoa que pudesse afirmar quem seria campeão.

A cada minuto as equipes se alternavam na liderança. O nervosismo era nítido e tanto Brasil quanto República Tcheca mostravam afobação e erravam lances que, em condições normais, acertariam. A decisão ficou mesmo para os 30 segundos finais. A República Tcheca estava dois pontos à frente no placar e ainda tinha a posse de bola. Gastou o máximo de tempo que conseguiu e tinha dois lances livres faltando menos de dez segundos. A primeira caiu. A segunda não entrou e o Brasil teve a chance de, ao menos, empatar.

Caio pegou o rebote e, no contra-ataque, tentou de três. A bola tocou no aro e saiu. O cronômetro zerou e o ouro acabou ficando com os adversários. Medalha de prata para o basquete brasileiro, que fez bonito na China. Venceu times fortes como os donos da casa, a Lituânia e os Estados Unidos.

Vôlei feminino em quarto

Na disputa da medalha de bronze no vôlei feminino, o Brasil acabou sendo superado pela Polônia, mesmo adversário da primeira rodada. Se no início da competição a seleção brasileira conseguiu vencer após estar perdendo por 2 sets a 0, desta vez foram as polonesas que viraram. Placar final de 3 a 1 com parciais de 12/25, 25/23, 25/21 e 25/20.

Natação e atletismo

A natação garantiu mais uma medalha para o Brasil: bronze no revezamento 4×200 metros estilo livre com Breno Correia, Vinícius Assunção, Eduardo de Moraes e Kaique Alves. Já no atletismo Letícia Lima, Marlene dos Santos, Giovana dos Santos e Anny de Bassi conquistaram a medalha de prata no revezamento 4×400 metros feminino. A Polônia levou a medalha de ouro e a Suíça ficou com o bronze.

* Maurício Costa viajou como integrante da delegação da Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CBDU). A entidade convidou a EBC para participar da cobertura durante os 17 dias de competição em Chengdu.

, * Maurício Costa – Enviado especial

Fonte: Agencia Brasil