Isaac Souza vai à final do Mundial e garante vaga olímpica nos saltos

O carioca Isaac Souza, de 24 anos, assegurou a segunda vaga olímpica para o Brasil nos Jogos de Paris 2024, três dias após a conterrânea Ingrid Oliveira carimbar a primeira. Nesta sexta-feira (21), o saltador de 24 anos avançou à final da prova de plataforma de 10 metros, no Mundial de Esportes Aquáticos em Fukuoka (Japão). Ele volta à piscina às 6h30 (horário d Brasília) deste sábado (22), último dia de competições (veja programa ao final).

“Mais um Jogos Olímpicos para a carreira. Sabia que seria uma competição bem complicada, então precisei extrair o melhor para conseguir a vaga. Agora tem a final no sábado e peço muito a torcida de todos no Brasil”, disse Isaac, que representou o Brasil nos na Olimpíada de Tóquio e faturou o bronze nos Jogos Pan-Americanos de Lima (Peru) em 2019.

O saltador obteve a classificação inédita na carreira para uma final de Mundial ao ficar na 11ª posição (418.95 pontos) entre os 12 atletas que avançaram. Nas duas edições anteriores da competição,  em Gwangju (Coreia do Sul) em 2019 e Budapeste (Hungria) em 2022, o Issac deu adeus à  disputa de medalhas com 13ª e 15ª posições, respectivamente.

O Brasil contou ainda com o estreante Diogo Silva, de 19 anos, na plataforma de 10m, que pela primeira vez competiu no Mundial adulto. Ele terminou a competição em 27º lugar (344.25 pontos).

Além da final na plataforma de 10m masculino, o Brasil vai lutar pelo pódio na final do trampolim 3m sincronizado misto, com Anna Lúcia dos Santos e Rafael Max. A decisão será às 3h30 (horário de Brasília).

A classificação olímpica no Mundial de Fukuoka não é nominal: a vaga pertence ao país. Somente em 2024 será definida a equipe que irá aos Jogos.  O Mundial distribui três vagas em cada uma das provas sincronizadas. A competição é a primeira de três janelas de classificação para os Jogos de Paris 2024. Depois, em outubro, haverá os Jogos Pan-Americanos de Santiago (Chile) – que garantem vagas aos campeões das disputas individuais (trampolim 3m e plataforma 10m, no masculino e no feminino) – e em 2024 o Mundial de Doha (Catar), que distribuirá quatro vagas (provas sincronizadas).

Programação

22 de julho
3h30 – Trampolim 3m sincronizado misto (final) – Anna Lúcia dos Santos e Rafael Max
6h30 – Plataforma 10m masculino (final)

, Agência Brasil

Fonte: Agencia Brasil